A importância da Radiografia nos tratamentos odontológicos 

As radiografias dentárias são uma ferramenta indispensável no diagnóstico e tratamento de vários procedimentos odontológicos. Além de emitirem baixos níveis de radiação, permitem ao médico captar imagens do interior dos dentes e gengivas.  

No artigo de hoje falamos da importância da radiografia nos tratamentos dentários e quais os tipos de radiografias. 

Porquê fazer radiografias? 

As radiografias permitem identificar possíveis problemas antes destes se tornarem mais graves. Cáries, doenças no osso, doença periodontal, infeções e até tumores são alguns dos estados capazes de serem detetados através das radiografias e que muitas vezes não são visíveis durante um exame oral normal. 

No caso das crianças, as radiografias permitem também perceber como é que os dentes e o maxilar se estão a desenvolver. 

Que tipo de radiografias existem? 

Existem vários tipos de radiografias dentárias, que podem ser dividias em radiografias intraorais e extraorais.  

Radiografias intraorais – são as mais comuns e focam diferentes aspetos dos dentes. 

  • Interproximais – mostram detalhes da parte superior e inferior dos dentes numa área específica da boca. Retratam a zona exposta (a coroa) até ao osso. São capazes de detetar a deterioração dos dentes e alterações na espessura do osso. Além disso, ajudam na colocação de coroas e outro tipo de restaurações como pontes.  
  • Periapicais – apresentam o dente completo, desde a coroa até à raiz. São responsáveis por detetar alterações nas raízes e na estrutura óssea à volta do dente. Oferecem a visualização de um dente ou um pequeno grupo de 2 ou 3 dentes. 
  • Oclusais – exibem a arcada dos dentes completa, seja a superior ou inferior. Permitem analisar o posicionamento geral dos dentes. 

Radiografias extraorais – são utilizadas para detetar problemas no maxilar. 

  • Panorâmicas ou ortopantomografias – mostram a boca completa, ou seja, todos os dentes da arcada superior e inferior num único raio-x. Assim, é possível analisar todos os dentes que já “nasceram” e os que ainda se encontram inclusos. Este tipo de radiografia é bastante utilizado para um diagnóstico global, o planeamento de implantologia ou do uso de aparelho ortodôntico. No entanto, também possibilitam a identificação de fraturas, infeções, dentes inclusos e até tumores. 
  • Tomografias – apresentam apenas uma determinada camada da boca e desfocam as restantes. 
  • Projeções cefalométricas – estas radiografias expõem um lado inteiro da cabeça e permitem verificar o alinhamento dos dentes em relação ao maxilar e ao perfil do paciente. 
  • Sialografias – tratam-se de exames radiográficos contrastados. Os canais das glândulas salivares são visualizados com a introdução de um material de contraste que faz com que as glândulas (tecidos moles) sejam visíveis na radiografia. 
  • Tomografias Computadorizadas (TC) – examinam as estruturas internas em 3D. São usadas para encontrar problemas nos ossos, tais como quistos, fraturas e tumores. 
  • Cone beam TC – é um tipo de tomografia computadorizada, responsável por imagens em 3D com menor radiação e específica para medicina dentária. Este tipo de exame dá ao clínico uma ferramenta completa para diagnóstico e planeamento eficaz de todo o tipo de tratamentos. 

As radiografias são seguras? 

As radiografias expõem os pacientes apenas a baixos níveis de radiação, sendo, portanto, seguras. A sua utilização é sempre ponderada pelo clínico. 

Mesmo assim, a maioria das clínicas fornece aos pacientes proteção extra, através de uma espécie de colete/avental de chumbo para proteger o abdómen e uma gola de chumbo para proteger a tiroide. 

A Radiografia Digital  

Hoje em dia, a esmagadora maioria das clínicas utiliza a imagem digital como ferramenta de diagnóstico. Em vez das radiografias tradicionais, estas são visualizadas e armazenadas no computador.  

Além de facilitarem a consulta sempre que necessário, permitem ampliar a imagem e até melhorá-la para que se torne mais nítida. Por outro lado, também utilizam menos radiação, aumentando a segurança dos pacientes. 

Na Imaginasoft comercializamos vários equipamentos de Radiologia Digital e Imagem Médica da Owandy Radiology e da Carestream Dental. Saiba mais sobre os nossos Ortopantomógrafos 2D e 3D, raio-x de parede, câmaras, scanners e sensores intraorais no último catálogo: https://bit.ly/catalogo-imaginasoft-software-e-radiologia 

Consulte-nos para qualquer questão em info@imaginasoft.pt e peça uma demonstração sem qualquer compromisso.  

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.