Blog-sustentabilidade-nas-clinicas-dentarias

Como tornar a sua clínica dentária mais sustentável?

A questão da sustentabilidade tem ganho força na maioria das indústrias. Existe uma preocupação cada vez maior por parte das empresas e consumidores em reduzirem a sua pegada ecológica e adotarem práticas mais verdes. Por isso mesmo, no artigo de hoje partilhamos exemplos de como tornar a sua clínica dentária mais sustentável.

Qual o impacto da Medicina Dentária no meio ambiente?

As clínicas dentárias têm um elevado impacto ambiental, uma vez que geram resíduos altamente poluentes. Além disso, consomem grandes quantidades de água e energia e têm uma elevada dependência de materiais descartáveis.

Aliás, vários estudos já comprovaram que o processo de descarte dos dispositivos médicos, é responsável por um alto nível de emissão de CO2 – um gás de efeito de estufa extremamente nocivo. Depois, há também a questão dos recursos utilizados no transporte destes materiais.

As clínicas têm a responsabilidade de garantir a segurança do paciente e elevados padrões de qualidade e higiene, portanto a sustentabilidade na prática dentária pode ser um assunto delicado.

No entanto, hoje em dia já é possível começar tornar a sua clínica dentária mais sustentável, com algumas das mudanças que sugerimos de seguida.

Quais os primeiros passos para uma prática dentária mais sustentável?

1. Procure reduzir os plásticos descartáveis

Muitos dos utensílios de utilização única, podem ser substituídos por opções mais sustentáveis e duradouras. Partilhamos alguns exemplos:

  • Substitua algumas opções de plástico por materiais de aço inoxidável, tais como os tabuleiros cirúrgicos;
  • Em vez de copos de plástico opte por copos de papel reciclado ou invista em copos de metal que possam ser desinfetados e utilizados várias vezes;
  • Troque os babetes dos pacientes por algodão (podem ser lavados e reutilizados) ou uma opção biodegradável.
  • Procure comprar em maiores quantidades (aqui é importante fazer uma gestão de stocks eficiente) para conseguir reduzir o plástico das embalagens dos envios e as viagens da transportadora;

2. Faça a reciclagem

A reciclagem dos materiais utilizados contribui em grande escala para uma prática mais verde.

3. Reduza o uso de papel

Reduzir a sua dependência do papel é das primeiras e mais fáceis medidas que pode implementar na clínica. Além de ajudar o ambiente, vai reduzir custos e otimizar os processos da clínica.

Nem todos os pacientes vão estar confortáveis com esta transição do papel para o digital. Nesses casos, pode manter na mesma o uso de papel. Estes pacientes serão uma minoria e, como tal, já estará a fazer uma grande diferença.

  • Envie os planos de tratamento e orçamentos por e-mail, em vez e imprimi-los.
  • Utilize um Receituário Eletrónico para a prescrição de medicamentos, em vez da receita em papel;
  • Utilize a faturação eletrónica na cobrança de pacientes;
  • Opte também pela faturação eletrónica no pagamento das contas da clínica;
  • Envie lembretes de consulta por SMS ou e-mail em vez de imprimir um cartão com a próxima marcação;
  • Preencha os questionários da Anamnese e consentimentos num tablet, em vez de usar formulários em papel.

4. Implemente medidas de poupança energética

Outra forma de tornar a sua clínica dentária mais sustentável é através da redução do consumo energético. Isto é benéfico do ponto de vista ambiental, mas também do ponto de vista económico, já que vai permitir à clínica reduzir custos importantes.

  • Troque as lâmpadas tradicionais por lâmpadas LED – as lâmpadas LED, apesar de terem um custo inicial superior, não poluem e duram mais tempo, têm uma eficiência energética cerca de 70% superior e podem ser recicladas;
  • Desligue todos os eletrónicos quando não estiverem a ser utilizados.

5. Escolha materiais mais ecológicos para a sua clínica

  • Compre desinfetantes e produtos de limpeza biodegradáveis, não tóxicos e sem cloro;
  • Invista em produtos que tenham uma embalagem mínima;
  • Aposte em produtos que possam ser esterilizados através da autoclave;
  • Durante a fase de construção e planeamento da sua clínica, considere:
    • investir em materiais como o pavimento em linóleo para revestir a clínica – é feito a partir de materiais naturais e é biodegradável e altamente resistente;
    • comprar sanitas com sistema de descarga dupla;
    • o layout da clínica para aproveitar ao máximo a luz natural e a ventilação.

Conclusão

Tornar a sua clínica dentária mais sustentável demora tempo e pode ser uma mudança desafiante. No entanto, muitas das sugestões que apresentamos no artigo acabam por compensar a logo prazo também em termos financeiros. Ou seja, ajuda o ambiente e ajuda a sua carteira.

A sustentabilidade é importante para si? Já implementa alguma destas práticas na sua clínica? Se gostou do artigo, comente e partilhe com os seus colegas.

1 thought on “Como tornar a sua clínica dentária mais sustentável?”

  1. Pingback: 6 benefícios de usar um scanner intraoral na consulta

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.